EUDES FONSECA DOS SANTOS & ADVOGADOS ASSOCIADOS

Controle de Processos

Webmail

Clique no botão abaixo para ser direcionado para nosso ambiente de webmail.

Notícias

03/03/2021 - 20h17Grupo Médicos pela Educação reivindica volta às aulas presenciaisRepresentantes decidiram protocolar pedido no Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) de 2º grau

Grupo Médicos pela Educação decidiu procurar conciliação por meio do Cejusc O presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, desembargador Gilson Soares Lemes, recebeu, nesta quarta-feira (3/3), representantes do Grupo Médicos pela Educação, que reivindica a intervenção do TJMG para a liberação do retorno das aulas presenciais nas escolas públicas e particulares em Belo Horizonte. Os médicos decidiram protocolar uma petição no Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) de 2º grau para tentar um acordo, que regule o funcionamento de escolas durante a pandemia da Covid-19, junto a Prefeitura de Belo Horizonte (PBH). Este protocolo será feito pela vereadora Fernanda Pereira Altoé, que também acompanhava o Grupo. O presidente Gilson Lemes considera o tema de suma importância, já que envolve o futuro de crianças e adolescentes. O ortopedista-pediátrico Bernardo Ramos  defende um retorno gradual das aulas, cercado de cuidados e, sobretudo, de forma opcional. “As crianças e adolescentes, das redes pública e privada, fora das escolas apresentam riscos de contaminação muito maiores. Se estivessem nas salas de aula, estariam bem mais seguras”, afirmou. Também participaram da reunião, o superintendente administrativo-adjunto do TJMG, desembargador José Arthur Filho, o desembargador Doorgal Andrada, o neurologista infantil, Rodrigo Carneiro; os psiquiatras Antônio Alvim e Mônica Melo; e a pediatra Carolina Andrade.
03/03/2021 (00:00)
Visitas no site:  1039356
© 2021 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia