EUDES FONSECA DOS SANTOS & ADVOGADOS ASSOCIADOS

Controle de Processos

Webmail

Clique no botão abaixo para ser direcionado para nosso ambiente de webmail.

Notícias

09/06/2021 - 12h03Ejef forma Grupo de Estudos para produção de artigosTemas abordados são "Juiz Natural", "Eficiência Processual", "Competência Adequada" e "Cooperação Judiciária Nacional"

Os encontros do Grupo de Estudos ocorrem até outubro, quando os artigos jurídicos deverão estar concluídos para publicação (Foto: Cecília Pederzoli) A Escola Judicial Desembargador Edésio Fernandes (Ejef) promoveu nesta quarta-feira (9/6), o primeiro encontro do Grupo de Estudos sobre os temas “Juiz Natural", "Eficiência Processual", "Competência Adequada" e "Cooperação Judiciária Nacional”. Composto por 14 juízes e uma desembargadora, o Grupo de Estudos é coordenado pelo juiz da comarca de Betim, Aloysio Libano de Paula Júnior.  O primeiro encontro foi aberto pelo juiz auxiliar da 2ª vice-presidência do TJMG, Murilo Silvio de Abreu, que destacou a importância do tema para a Escola Judicial e para os profissionais do Direito. Ele representou o superintendente da Ejef e 2º vice-presidente do TJMG, desembargador Tiago Pinto.   “Nossa meta é produzir pelo menos cinco artigos jurídicos, ao final dos encontros, para serem publicados. É a Escola Judicial produzindo conhecimento o que é de grande importância para o Tribunal de Justiça”, afirmou o magistrado.  Ele disse que, especificamente, o tema “Cooperação Judiciária Nacional” vem merecendo destaque desde o ano passado por estudiosos do assunto como o professor Fredie Didier, da Universidade Federal da Bahia, e pelo desembargador do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, Alexandre Freitas Câmara. “Ambos afirmaram que o tema tem grande importância na atualidade e deve ser cada vez mais estudado”, acrescentou o juiz Murilo Silvio de Abreu.  Ele ainda disse que o assunto despertou o interesse não apenas de magistrados, mas também de servidores do TJMG. Ao todo, foram mais de 150 interessados em ingressar no Grupo de Estudos, mas apenas 15 magistrados, incluindo o coordenador, foram selecionados. Segundo o magistrado, outros Grupos de Estudos que abordam os temas “Tutelas Provisórias de Urgência” e “Judicialização da Saúde” também tiveram muita procura.  O próximo encontro do Grupo de Estudos está previsto para o dia 14 de julho. Os encontros ocorrem mensalmente até o dia 20 de outubro, quando os artigos jurídicos deverão estar prontos para publicação na Escola Judicial.  Participantes   Participam do Grupo de Estudos “Juiz Natural, Eficiência Processual, Competência Adequada e Cooperação Judiciária Nacional”, além do coordenador, os seguintes magistrados: Andréia Márcia Marinho de Oliveira, da comarca de Curvelo; Gisa Carina Gadelha Sabino, da comarca de Lagoa da Prata; Juliana Mendes Pedrosa, da comarca de Pouso Alegre; Paulo Victor de França Albuquerque Paes, da comarca de Manga; Perla Saliba Brito, da comarca de Betim; Roberto Bertoldo Garcia, da comarca de Ituiutaba; Rodrigo da Fonseca Caríssimo, da comarca de Araxá; Rodrigo de Carvalho Assumpção, da comarca de Patos de Minas; Rozana Silqueira Paixão, da comarca de Montes Claros; Thiago Brega de Assis, da Comarca de Ubá; Flávio Catapani e Paulo Gastão de Abreu, ambos da comarca de Belo Horizonte, Auro Aparecido Maia de Andrade, juiz aposentado de Belo Horizonte; e a desembargadora do TJMG, Lilian Maciel.
09/06/2021 (00:00)
Visitas no site:  1107216
© 2021 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia