EUDES FONSECA DOS SANTOS & ADVOGADOS ASSOCIADOS

Controle de Processos

Webmail

Clique no botão abaixo para ser direcionado para nosso ambiente de webmail.

Notícias

10/07/2020 - 09h00Tim terá que indenizar empresa em R$ 7 milOperadora negativou os dados da empresa de forma indevida

Operadora de telefonia mandou nome de empresa para órgãos de proteção ao crédito e terá agora que indenizá-la A operadora de telefonia TIM terá que indenizar uma empresa, sua cliente, em R$ 7 mil, por danos morais. A operadora negativou o nome da empresa no SPC e Serasa, órgãos de proteção ao crédito. A decisão é da 14ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais e reforma o entendimento proferido em primeira instância, na 2ª Vara Cível da Comarca de Ipatinga, onde o pedido de danos morais foi negado. A empresa alegou que a operadora inseriu seus dados no cadastro de proteção ao crédito, de forma indevida, cobrando quatro faturas pendentes no valor total de R$ 760.  Disse ainda que não havia nenhum tipo de pendência com a operadora.  A operadora TIM não apresentou argumentos em sua defesa na atual fase processual. Falta de cautela A desembargadora relatora Cláudia Maia destacou a falta de cautela da operadora no momento em que inseriu os dados da empresa nos órgãos de proteção ao crédito, haja vista que a empresa havia comprovado ter sido vítima de falsificações de seus dados. "A recorrida (empresa) não é devedora contumaz e seu nome foi negativado graças à ação de falsificadores e da falta de cautela da recorrente (operadora de telefonia), de modo que a existência de outras inscrições, na espécie, não afasta o dano moral", acrescentou a magistrada. Os desembargadores Estevão Lucchesi e Marco Aurélio Ferenzini seguiram o voto da relatora. Veja o acórdão e acompanhe a movimentação. 
10/07/2020 (00:00)
Visitas no site:  796676
© 2020 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia